Eurovisão 2020 realiza-se na cidade de Roterdão. Festival da Canção traz 16 canções novas em 2020. São estes os compositores do Festival da Canção 2020. Logótipo da Eurovisão 2020 comemora 65 anos do ESC.
domingo, 29 dezembro 2019 21:11

Mais uma década de ESC Destaque

Escrito por OGAE Portugal

Já passaram 64 edições do Festival Eurovisão da Canção e vamos chegar à oitava década! Antes de entrar nos anos 20, viramos uma página na história do popular concurso europeu, lembrando os melhores momentos da última década! Na nossa memória, ficará para sempre a Vitória de Portugal!

Os vencedores: personagens, marketing e sons que já ouvimos 

A década que agora chega ao fim, foi marcada por um conjunto de personagens icónicas que venceram o concurso com a ajuda, maior ou menor, da promoção que tiveram. Lena, Conchita, Salvador e Netta foram os quatro protagonistas que para além do seu talento, conseguiram cativar pela sua figura singular. 

Em sintonia com a época em que vivemos atualmente, repleta de mediatismo e marcada pelo poder da comunicação, existiram canções vencedoras “acusadas” de plágio, mas antes de mais, evidenciadas pelo carisma dos seus intérpretes. Arcade, Heroes e Toy, fizeram lembrar outras canções, bem conhecidas de quem está mais atento à música que se ouve nas rádios. A canção israelita, até teve que deixar incluir outro compositor entre os seus autores, para impedir que a polémica se agravasse. 

 

As cidades e as Arenas

Ao longo desta década, as cidades anfitriãs estiveram espalhadas por todos os pontos da Europa e as arenas tiveram que se adaptar à, cada vez maior, procura de bilhetes. Os preços das entradas também foram cada vez mais altos. Em 2010 um bilhete para a final poderia custar quase 200 Euros e em Israel ou na Ucrânia, esse valor duplicaria. 

 

Quase chegaram à final

Nesta última década ficou claro que as duas semifinais eram necessárias para permitir a classificação de tantos países (o maior número foi registado com 43 em Lisboa e Dusseldorf). Mas ainda assim, algumas injustiças foram cometidas e muitas canções ficaram pelo caminho. Com apenas um ponto de diferença em relação ao último apurado, Glen Vella (Malta) e os Witloof Baby (Bélgica) não conseguiram ir à final em 2011. O mesmo aconteceu com Suzy e o popular Eu quero se tua, em 2014, ou em 2019 com a Lituânia. Mas maior frustração terá sentido Sofi Marinova em 2012, que empatou em 10.º lugar e ficou à porta da final. Foi necessário recorrer ao país com mais 8 pontos atribuídos, nesse caso, a Noruega. Malta, Sérvia e Lituânia repetiram, nestes últimos dois anos, o 11.º lugar numa semifinal.

 

As participações de Portugal

Portugal esteve ausente do Festival em 2013 e em 2016. Muitas foram as críticas nesses anos, mas maior foi a alegria com a vitória obtida em 2017.  Das 7 participações obtidas, apenas 2 nos levaram à final, Filipa Azevedo em 2010 e Salvador em 2017. A vitória garantiu a presença de Claúdia Pascoal e de Isaura na final de 2018, embora tenhamos ficado muito longe da dobradinha esperada, pois o resultado foi mesmo o último lugar. Feitas as contas, não temos muitos motivos para estar alegres e se participar é importante, a obtenção de melhores lugares ainda o é mais, especialmente porque já sentimos o sabor do orgulho máximo.

 

O nosso ESC

Cinquenta e quatro anos depois, Lisboa finalmente recebeu o Festival Eurovisão da Canção. O momento era ansiosamente aguardado pelos fãs, mas mesmo aqueles que não acompanhavam habitualmente o Festival encheram-se de orgulho e foram os melhores anfitriões. A cidade organizou-se para receber os cerca de 30 mil visitantes e não ficou aquém das expectativas. Um empreendimento ímpar no contexto português e com um período de preparação muito reduzido, reuniu um total de 900 profissionais e um conjunto de estruturas desde a Câmara Municipal de Lisboa, às forças de segurança ou o Turismo de Portugal.  Com esta organização, a RTP foi distinguida pela EBU como a melhor organização e produção de sempre, bem como a distinção com o prémio ouro na categoria Projecto Integrado/Evento nos Prémios Criatividade de Meios & Publicidade.  

 

Este especial, pode ser lido na íntegra na revista da OGAE Portugal, que brevemente chegará a todos os associados que ainda não a têm.

 

 

Lido 86 vezes
Mais nesta categoria: « Maruv vence o Video Contest 2019

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

 

Apoiar o Festival da Canção e EuroFestival da Canção e eventos relacionados.

 

Dinamizar iniciativas e eventos para os sócios com artistas e protagonistas dos Certames.

 

Promover a associação junto do Grande Público, e de entidades públicas e privadas.